Miguel FGF
Lilypie Kids birthday Ticker
João FGF
Lilypie 4th Birthday Ticker
 

A frase do dia…

João sai do armário do lixo!

Assim não dá…

Como é que uma empresa pode ter preocupações ambientais se um caixa de papel A4 tradicional para cópia e impressão custa 12,98 € e a mesma caixa de papel reciclado custa 14,79 €. Compreendo que temos que ter cuidados ambientais, e até tenho colocados alguns posts (1) (2) no blog oficial da Diplomata Tours nesse sentido, mas a questão económica também pesa, e nesta caso a diferença ainda é bastante significativa.

Como o nosso mundo tem mudado…

Uma sequência interessante sobre o que as alterações climáticas vão provocando no nosso ambiente.

Andar de comboio em S. Petersburgo

Se por acaso quiserem andar em comboios suburbanos em S. Petersburgo tenham atenção que estes param das 10:00 às 12:05 todos os dias. Porquê? Não faço ideia! Mas também só vão conseguir saber a razão se falarem russo, já que naquela cidade ninguém fala inglês ou outra qualquer língua.

Alpes de verão

image_00009.jpg

Agora é que é…

Já ando!!! Ando a sério! E agora ninguém me consegue parar ;-)

João FGF

Uma receita de cartão

Aqui fica uma receita feita com 60% de cartão e 40% de outras coisas:

“Squares of cardboard picked from the ground are first soaked to a pulp in a plastic basin of caustic soda — a chemical base commonly used in manufacturing paper and soap — then chopped into tiny morsels with a cleaver. Fatty pork and powdered seasoning are stirred in.”

Se quiserem saber mais sobre está deliciosa (ou não) receita, leiam aqui.

iPhone na Batedeira

Depois de uma almoço no famoso SuperChefe (na Duque d’Ávila em Lisboa), em conversa com um amigo, fiquei a conhecer uma batedeira de qualidade. Nada melhor do que verem o teste com os vossos olhos:

YouTube Preview Image

Aqui estamos….

image_00002.jpg

Mudança de domínio

Se repararem na barra do vosso browser vão ver o novo endereço deste blog: http://www.fgfhome.org. O conteúdo é o mesmo, o endereço é que mudou. Podem alterar as vossas bookmarks. Se não o fizerem também vão conseguir chegar à mesma ao novo endereço, pois o anterior está com o “Permanent Redirect” para este.

Foi fácil a mundaça da plataforma WordPress para o novo domínio? Foi!

1º – Copiei por inteiro a directoria “httpdocs” do site anterior para a nova morada

2º – Exportei a base de dados do site anterior com o phpmysqladmin, fazendo de seguida a importação da mesma na nova base de dados criada.

3º – Editei na base de dados do novo site a tabela wp_options, trocando as referências ao anterior domínio para as actuais

4º – Instalei este plugin no site anterior, que de uma forma transparente e fácil faz o “Permanent Redirect” para o novo endereço, permitindo assim que até os motores de busca sejam enviados para o novo site.

Previous Page »