Roger Federer e Estoril Open 2008

Já fazia uns anos que não ia ao Estoril Open (ainda me lembro da primeira final). O recinto agora está mais organizado, muito patrocinadores, muitas lojas, uma presença muito forte do Grupo PT (através do Meo) e do Bes (com Bes, Tranquilidade, Best).

O estacionamento está bem organizado (dentro do possível), com segurança privada, polícia e transporte gratuito entre os parques e a entrada para o recinto, em autocarro com ar-condicionado e televisão!!!

Tenho pena, que o court central continue a ser um pré-fabricado, embora com condições para assistir ao jogo, mas sempre com a imagem de algo provisório… Que tal construir um central de raiz?

Quanto ao jogo em si, foi interessante, em três sets (a malta quer é ver jogar). O Federer enche o campo com a sua envergadura, cobre muito bem os espaços e parece não se cansar. A esquerda estava em dia não (tirando uma troca de esquerdas cortadas muito boa com mudanças para top spin extremamente bem executadas!), com muitos erros não forçados (mais de 40). A sensação que fica é que jogou mais 5% do que o adversário (que deu boa réplica, mas que estava a jogar no limite), e que tem muito mais ténis na bagagem.

Foi bom ver mais um nº1 do mundo ao vivo (já tinha visto o Pete Sampras embora já não fosse nº1 na altura), ficou foi por ver o meu jogador preferido de todos os tempos ao vivo: Boris Becker! Talvez num daqueles torneios de Verão da na Quinta do Lago ;-)

Uma foto:

Um vídeo:

http://video.google.com/videoplay?docid=7916270169887185096     Outros Artigos Relacionados:


One Comment to 'Roger Federer e Estoril Open 2008'

Subscribe to comments with RSS or TrackBack to 'Roger Federer e Estoril Open 2008'.

  1. Inês said,

    tiveste mais sorte que viste o Federer a jogar 3 sets e ainda por cima com sol! ontem foi só 1 horinha de jogo (ainda por cima atrasei-me…) e muita chuva. mas valeu a pena, é um espectáculo!

:: Trackbacks/Pingbacks ::

No Trackbacks/Pingbacks

Leave a Reply