Miguel FGF
Lilypie Kids birthday Ticker
João FGF
Lilypie 4th Birthday Ticker
 

O salazarismo que perdura em nós

“O tema é recorrente em momentos eleitorais ou em crises económicas profundas. Falo da versão light do slogan “os ricos que paguem a crise”: é preciso agravar a carga fiscal de quem ganha mais para ajudar quem ganha menos.

Não vale a pena repescar a estafada ideia de que tributar quem ganha mais desencoraja o investimento. Nem outra (válida) de que, à medida que a tributação sobe, se reduz o incentivo para trabalhar mais. A questão é mais profunda e vem do salazarismo: gostamos de ser remediados (adoramos cultivar a pobreza).

Faz sentido aumentar as deduções fiscais às famílias de menores rendimentos, agravando as deduções às que ganham mais? Faz. Mas se o Governo quer fazer alguma coisa pelo País, tem de promover a riqueza, não o nivelamento por baixo. Isto é, não se pode contentar com discriminar positivamente quem tem menos rendimentos. Tem de implementar políticas que nos façam enriquecer: os que (agora) ganham menos e os que, ganhando mais (agora), podem ganhar ainda mais no futuro. Porque o problema da sociedade portuguesa não é ter pessoas que ganham bem e outras mal. É não conseguirmos que as segundas migrem desse grupo para o dos mais ricos. É que, bem vistas as coisas, todos ganharíamos se em vez de 30 mil famílias que ganham mais de 5 mil euros, tivéssemos 100 mil. Nivelar por baixo é defender um dos complexos do salazarismo, de que ainda não nos livrámos. A propósito, alguém se admira de estarmos cada vez mais pobres face aos nossos parceiros?”

Retirado daqui: Jornal de Negócios

Macbook, Clamshell mode, 1680×1050, Viewsonic

Liguei pela primeira vez o Macbook com o adaptador mini displayport -> VGA ao meu monitor Viewsonic. Está a funcionar perfeitamente, e na resolução nativa do monitor (1680×1050).

Estou a usar em clamshell mode, ou seja com a tampa do Macbook fechada. Como?

- Ligar o Macbook à corrente

- Ligar o adaptador Mini Displayport -> VGA (ou DVI, penso que será o mesmo método)

- Ligar o teclado USB ao Macbook. Depois de feita esta ligação o Macbook liga e passa a imagem para o monitor externo

Corrida do Oriente

Participei pela primeira vez na Corrida do Oriente. Gostei da organização e do percurso (é sempre agradável correr em terrenos conhecidos).

Demorei 52:01 a fazer os 10kms da prova. Um novo record pessoal. Para o ano espero voltar a fazer a prova e bater os 50:00.

Parabéns Miguel

E vão 5 anos. Muitos Parabéns!!!

Foi sem dúvida o aniversário mais “vivido” por ti até hoje.

Heathrow Express – descontos

Tenho notado nas deslocações a Londres que existem sempre alguns vouchers de desconto para o Heathrow Express, mas desta vez encontrei um forum com um post muito interessante para se obter descontos consideráveis (ou upgrades para 1ª Classe). O post original está aqui: http://www.flyertalk.com/forum/u-k-ireland/900258-heathrow-express-promotion-codes.html e o “truque” é:

“Try

https://www.heathrowexpress.com/ana/

https://www.heathrowexpress.com/emirates/

https://www.heathrowexpress.com/swiss/

https://www.heathrowexpress.com/JAL/

https://www.heathrowexpress.com/lot/

https://www.heathrowexpress.com/virgin/

https://www.heathrowexpress.com/lufthansa/

https://www.heathrowexpress.com/qantas/

https://www.heathrowexpress.com/sas/

https://www.heathrowexpress.com/united/

you get the idea”

Aproveitem que funciona!

Não se esqueçam que para alguns destinos em Londres o metro (Piccadilly Line) também é opção para a ligação Heathrow – Londres e vice-versa.

Sporting – Estrela da Amadora

Mantendo uma promessa antiga para com o João, no passado Sábado fomos ver o Sporting – Estrela da Amadora, fazendo parte das prenda de anos dele, que tal como o Miguel teve direito ao seu primeiro jogo assim que fez três anos.

Fomos os três e correu bem, o João ao meu colo o Miguel ao colo do padrinho. Acho que os dois gostaram.

Espero estarem lançadas as sementes para dois futuros sportinguistas!!!

Parabéns João!

Fazes hoje 3 anos, ainda dizes que és bebé e que és “piquinino”, mas já tens 3 anos, estás quase em idade para viver sozinho ;-)

Estou a brincar, não estás nada!!!

Muitos parabéns João!!!

Final Cut Express e iDVD

Temos uma “pilha” de filmes armazenados em ficheiros DV-AVI que no fundo só estão a ocupar espaço em disco, já que não os vemos porque nunca foram editados.

Mas chegou a altura de “tratar” dos filmes, e como sempre ouvi que os Mac’s eram boas plataformas para o tratamento de vídeo, comecei a explorar o iMovie, que me parece um editor bastante simples de usar e que resolve 99,99% das necessidades de qualquer “realizador doméstico”. Experimentei também o Final Cut Express, que responde sem qualquer problema às necessidades de um “realizador doméstico exigente” (apenas não consigo que o Detect Scenes funcione). Do que tenho lido o FCE é quase igual em termos de funcionalidades ao Final Cut Pro.

Mas o que mais me surpreendeu nem foi o iMovie ou o Final Cut Express, foi sim o iDVD. Que programa tão simples de usar e com resultados tão interessantes. Fazer um DVD com uma mistura de filmes e fotografias acompanhadas de música é básico! Com templates de menus muito interessantes e de fácil customização. Não estava à espera que fosse tão simples de usar.

É desta que trato de todos os filmes e faço uns DVD’s para a família ver!

(Re)Instalar Mac vs Win ou mais correctamente OSX vs WinXP

Como sabem temos um Macbook unibody desde o final do ano passado. Passados estes meses decidi que queria fazer uma (re)instalação do OSX no MB, por um lado para experimentar o processo de instalação, por outro porque estes meses serviram de experiência, e agora queria ter uma máquina “fresca” com tudo o que preciso.

Antes de entrar em comparações de x ser melhor que y queria dizer que não tomo partidos em barricadas. Acho que tanto um sistema como o outro apresentam vantagens e desvantagens. Já experimentei outras opções, tais como fedora (corro um FC3 como servidor hoje em dia), ubuntu, centos, redhat, slackware (que me foi apresentada por este Sr. quando instalou uma bridge que ainda hoje poderia estar a funcionar), e sou bastante agnóstico, quero apenas que “a máquina” funcione!

Quanto à instalação em si, posso dizer que fiquei agradavelmente surpreendido. É um processo bem simples e rápido. Aqui existe a clara vantagem do sistema operativo “conhecer” o hardware em que está a ser instalado, coisa que um windows quando está a ser instado não conhece, são as filosofias diferentes dos dois sistemas.

Em termos de experiência de instalação o OSX ganha ao WinXp a meu ver.

Mas um ponto em que os dois podiam ser mais equivalentes é na instalação do software que usamos no dia a dia. Foi muito mais rápido ter o MB “como eu queria” do que quando fazia este tipo de (re)instalação ao meu anterior Dell Latitude X1. A instalação de aplicativos em OSX é muito mais simples e rápida. Aqui sim fiquei surpreendido. Não tinha ainda me apercebido de como é mais simples e menos morosa instalar uma aplicação em OSX.

Em resumo, acho que mais uma vez o MB/OSX me surpreendeu positivamente!

Chucha para o Lixo – V2

Agora foi a vez do mais novo (o mais velho tinha sido aqui) dizer que queria deitar a chucha para o lixo, após a visita ao pediatra. E lá foram as três para reciclar (a foto chega mais tarde)…

Foi dormir sem chucha, mas acordou com uma grande necessidade, e voltou a pedir… teve direito a 5 minutos de chucha de manhã. Vamos ver como se aguenta nos próximos dias!

UPDATE:

A foto prometida

chuchas

« Next PagePrevious Page »